Bilhete unico Moratense – bilhete problemático – Entenda porque.


Para entender os problemas do bilhete unico moratense,, vamos primeiramente esclarecer o funcionamento do bilhete unico de São Paulo, com linhas de ônibus com trajetos longos. O bilhete unico de São Paulo tem um tempo de 3 horas para uso ao custo de R$3,00, e o passageiro tem direito a utilizar até 4 passagens, independentemente se o coletivo estiver no sentido bairro-centro ou no sentido centro-bairro.

Já o bilhete unico moratense tem um tempo 1 hora para uso, e a integração somente é feita se a segunda passagem for efetuada em um coletivo que esteja em sentido oposto ou seja se o passageiro utilizar em um coletivo que esteja no sentido bairro-centro, obrigatoriamente o segundo terá que estar no sentido centro-bairro. É ai que reside o problema deste bilhete unico moratense.

Quando o passageiro que estiver indo no sentido bairro-centro chegar na catraca e encostar o bilhete no dispositivo de registro, vai aparecer o saldo do cartão e ao lado no visor a letra V, e ao fazer a integração dentro do periodo de 1 hora no sentido centro-bairro, o dispositivo fará a integração e no visor vai aparecer a letra I. O que esta acontecendo é que alguns cobradores esquecem de mudar o visor e a passagem é cobrada novamente no momento de fazer a integração.

Quando ocorre a cobrança irregular o passageiro tem que ligar para a Empresa de ônibus Moratense e pedir o ressarcimento, informando o dia da ocorrência, o horário que utilizou a primeira passagem, e a linha do ônibus, e as mesmas informações para a segunda passagem (se o passageiro lembrar). O passageiro tem que deixar um telefone de contado e esperar pela boa vontade da empresa em solucionar o problema.

Agora para que não aconteça a cobrança irregular o passageiro tem que passar pelo inconveniente de ter que perguntar para o cobrador toda vez que for passar pela catraca se o sistema está em V, quando o coletivo estiver no sentido bairro-centro, ou em I, se estiver no sentido centro-bairro, porque o visor só mostra no momento em que o passageiro encosta o cartão. É um absurdo que isto ocorra.

Já foi solicitado a empresa a mudança deste sistema, ou seja a integração ocorrendo independente do sentido que o coletivo estiver indo, como acontece no bilhete único de São Paulo. E a resposta da empresa é que a mudança de sistema vai trazer prejuízos para a companhia. Outro absurdo, pois os trajetos das linhas aqui em Morato são muito curtos, e o valor cobrado de R$ 3,00, está fora da realidade..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *