Sacolas plásticas deverão retornar aos supermercados conforme Ministério publico – SP.


O ministério Publico de São Paulo por intermédio do Conselho Superior, decidiu pela não homologação do acordo firmado entre a Apas (Associação Paulista de Supermercados) e o Procon que resultou na retirada das sacolas plásticas dos supermercados que eram distribuídas gratuitamente para os consumidores no momento da compra.

A decisão tomada nesta terça feira (19) foi unânime e é valida para todo Estado de São Paulo. De acordo com o autor da petição a Plastivida – Instituto Sócio Ambiental dos Plásticos, os supermercado que não voltar a fornecer as sacolinhas plásticas poderão ser autuados.
Ouça abaixo a reportagem de Thiago Uberreich.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *